Verificamos: HC do traficante André do Rap custou R$ 3 milhões

Nas redes sociais circula a informação de que o habeas corpus do traficante internacional André do Rap, solto no último sábado por decisão do ministro Marco Aurélio Mello (do Supremo Tribunal Federal), custou R$ 3 milhões. Na própria imprensa também houve a repercussão da informação. Em uma rádio da capital piauiense (Teresina FM), um ouvinteContinuar lendo “Verificamos: HC do traficante André do Rap custou R$ 3 milhões”

FORA DE CONTEXTO: Usuários compartilham declaração de Gilmar Mendes contra repórter da Folha como se fosse atual

Vários perfis e alguns sites replicaram uma declaração do ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), que chamou de molecagem uma pergunta do repórter da Folha de S.Paulo sobre os custos com passagem aérea de viagem sua a Lisboa. A declaração foi feita em março de 2018, durante o seminário de direito, organizado pelo Instituto BrasilienseContinuar lendo “FORA DE CONTEXTO: Usuários compartilham declaração de Gilmar Mendes contra repórter da Folha como se fosse atual”

Áudio anunciando determinação judicial de bloqueio de WhatsApp por 48h

Áudio de um homem – não identificado – está circulando nos grupos de WhatsApp do Piauí informando que foi anunciada uma ordem judicial que determina o bloqueio do WhatsApp em todo o Brasil dentro de 48 horas. Segundo o mesmo, uma atualização do WhatsApp (caso fosse instalada) bloquearia o aplicativo no celular. Para embasar seuContinuar lendo “Áudio anunciando determinação judicial de bloqueio de WhatsApp por 48h”

VERIFICAMOS: Declaração do presidente do STF sobre condenação a grupos no WhatsApp não registrados em cartórios

No último sábado (09), recebemos um link de uma suposta matéria no WhatsApp que noticiava um pronunciamento do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, onde dizia que “quem não registrar grupos de WhatsApp em Cartório será condenado por fake news”. Apenas um blog de Uberlândia (MG) e um site da Bahia publicaram aContinuar lendo “VERIFICAMOS: Declaração do presidente do STF sobre condenação a grupos no WhatsApp não registrados em cartórios”