RECIPIENTE DE PLÁSTICO PODE SER USADO PARA GUARDAR ALIMENTOS? – Curiosidade sobre bisfenol-A

A utilização de recipientes de plástico é comum na grande maioria dos lares, uma vez que se pode reutilizar embalagens de outros produtos, ou até mesmo podem ser adquiridos de todos os tamanhos e formatos para fazer coleção nas prateleiras da cozinha. Porém, nem sempre o que é bonito aos olhos fará tão bem a nossa saúde, e por isso que se deve ter cuidado e acesso à informação correta para uma utilização cautelosa. Mas o que poderia conter nesses recipientes que nos levasse a uma certa preocupação?

Há um tipo de substância presente nas vasilhas que chamamos de bisfenol-A (BFA), que desde seu descobrimento vêm sendo amplamente utilizado nas indústrias para produzir materiais em geral, por isso podemos encontrar em variados tipos de objetos de em nosso cotidiano. E com a grande produção também é realizado estudos para avaliar os efeitos de tal substância, e em muitos deles, é constatado que o BFA possa estar relacionado algumas doenças bem comuns como diabetes mellitus tipo II e até mesmo câncer.

Essa substância entra em contato com alimentos ou líquidos armazenados em recipientes de plásticos ou enlatados, principalmente quando resfriados ou aquecidos, e esse aumento de BFA foi possível ser detectado em humanos acima de 6 anos no estudo internacional. Outros relacionaram o consumo de alimentos e líquidos enlatados ou armazenados em plásticos, com o aumento do tumor de mama. Mas calma, não é necessário entrar em desespero e parar imediatamente o uso dos recipientes e garrafas.

Os estudos que analisam algumas doenças com o BFA necessitam ser aprimorados e melhor relacionados para se ter um resultado bem mais preciso, porém, o que já nos é disponibilizado pela comunidade científica pode ser posto em prática e assim reduzir os futuros riscos. Primeiramente pode-se evitar aquecer alimentos em vasilhas de plástico, ou colocar algo quente nas mesmas, espere esfriar para assim guardar. Evite usar diariamente garrafas de plástico para congelar líquidos, ou até mesmo colocar café, chás ou outras preparações quentes.

O ideal é utilizar vasilhas de vidro, mas como o custo ainda é muito elevado, então a alternativa é reduzir o uso dos recipientes plásticos, e fazer o uso de forma menos prejudicial possível. Lembrando que toda e qualquer doença será desenvolvida por um conjunto de fatores e não apenas pelo BFA. A notícia boa é que já estão estudado novas substâncias que são menos prejudiciais para saúde e mais biodegradáveis, o que facilitará a nossa qualidade de vida.

Escrito por: Ana Rafaela Silva Pereira

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Saúde, UFPI.

Pós-Graduanda da Especialização em Nutrição Oncológica.

REFERÊNCIAS

MALUF, E.M.C. et al. Contaminação em larga escala por Bisfenol-A: estamos conscientes do risco e formas de exposição? Ciências & Saúde Coletiva. 25(11),2020. Doi: 10.1590/1413-812320202511.01852018 

MOKBEL, K.; WAZIR, U. Bisphenol A: A Concise Review of Literature and a Discussion of Health and Regulatory Implications. In Vivo. 33(5):1421-1423, 2019. Doi: 10.21873/invivo.11619.

SEACHRIST, D.D. et al. A review of the carcinogenic potential of bisphenol A. Reproductive Toxicology. 59:167-182, 2016. Doi:  10.1016 / j.reprotox.2015.09.006

Publicado por coarnoticias

Iniciativa de Fact-checking no Piauí

Um comentário em “RECIPIENTE DE PLÁSTICO PODE SER USADO PARA GUARDAR ALIMENTOS? – Curiosidade sobre bisfenol-A

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: